MISSA DE SEGUNDA-FEIRA
Por falta de Sacerdotes, deixaremos de ter eucaristia à segunda-feira a partir do mês de agosto. As intenções já marcadas, serão celebradas à terça (salvo indicação em contrário).
15 DE AGOSTO
No dia da Assunção da Virgem Maria, haverá eucaristia na Igreja às 9h, em Gervide às 10h e novamente na Igreja às 11:15h. Não haverá missa em Sâo Tiago nem em Quebrantões.
SANTA EULÁLIA
Nos dias 17, 18, 19 e 20 deste mês realizamos as Festas em Honra de Santa Eulália, Senhora da Hora e Santa Ana. Destacamos a Eucaristia solene no domingo às 11:15h e a procissão às 17h, onde todos somos chamados a perticipar e a testemunhar a nossa fé.
 
 
 
  Acção Pastoral » Liturgia » Acólitos
Acólitos
Ser Acólito.
 
1. O QUE É UM ACÓLITO
     Um Acólito é alguém que ajuda à Eucaristia e a outros ministério do Altar. Em primeiro lugar ajuda à Eucaristia , esse é o momento mais importante para um acólito.
Para todo o cristão a Eucaristia é a fonte de vida, pois para o acólito com maior razão. O acólito tem de amar a celebração da Eucaristia, pois nela está presente Jesus de um modo muito especial:

  • Presente no sacerdote que preside
  • Presente na palavra proclamada
  • Presente na reunião dos cristãos
  • Presente sobretudo no pão e no vinho consagrados
 
     O acólito realiza também outros ministérios, isto é, ele é um "ministro", palavra que significa servidor. O acólito é alguém que tem um autêntico espírito de serviço e fica contente quando com as suas ações presta uma ajuda eficaz à sua paróquia e aos seus irmãos cristãos. Ser acólito é um ministério precioso é um alegre servidor de Deus e dos irmãos.
 
2. QUEM PODE SER ACÓLITO
     Pode sê-lo toda a pessoa que tenha aptidões, tenha sido batizada e tenha recebido os outros sacramentos correspondentes´`a sua idade. Se já fez a primeira comunhão, poderá viver mais intensamente a sua missão, já que não só poderá servir ao altar, mas também poderá participar e alimentar-se de Cristo, como os outros cristãos.
 
3. COMO DEVE SER UM ACÓLITO
     Não basta ser um bom rapaz ou uma boa rapariga, o que é absolutamente necessário. deve ter antes de mais um grande desejo de servir o Senhor, ao sacerdote e atoda a comunidade. Deve amar Jesus  de todo o coração ardentemente que toda a gente o conheça e o escute.
     Para ser um bom acólito do altar de Deus, são necessárias boas qualidades e uma adequada preparação:
 
  • O bom acólito é pontual na hora do seu serviço para poder preparar-se bem e sem pressas.
  • O bom acólito é fiel ao seu compromisso, ainda que para isso, deva renunciar a outras coisas de que também gosta.
  • O bom acólito participa sempre nas reuniões do grupo paroquial ou da comunidade e também vai sempre à catequese.
  • O bom acólito é ordenado, sabe onde deixa as coisas e preocupa-se para que tudo esteja sempre em bom estado.
  • O bom acólito é amável, visto que a proximidade com Jesus no altar o ajuda a vê-lo presente nas outras pessoas.
  • O bom acólito é piedoso, gosta de dedicar tempo a rezar só e em comunidade, de ler a bíblia e participar nos atos litúrgicos.
  • O bom acólito é humilde, está atento ao que lhe ensinam os sacerdotes e as outras pessoas mais velhas da comunidade, e não se aborrece quando o corrigem, pelo contrário, agradece de todo o coração.
 Elementos do Grupo
  • João Diogo Pereira Macedo
  • Pedro Filipe dos Santos Pereira Leite
  • Bruno Filipe Oliveira Vieira Meleiro
  • Sara Daniela Oliveira Vieira Meleiro
  • Madalena Filipa dos Santos Pereira Leite
  • João Carlos da Silva Vieira
  • Mariana Raquel Ferreira Gomes
  • Ana Catarina Martins de Sousa
  • Ana Filipa Gomes Oliveira
  • Pedro Daniel Pimenta Lopes
  • Inês Dias Castro
  • Gonçalo Jorge Larangeira de Carvalho
  • Maria João Dourado Mendes
  • Tiago Silva AlvesFrancisco Dias Costa
 
 
  
 
 
 
FOLHA DE OLIVEIR...
JUNHO
Ver arquivo »
PASSO A PASSO
MARÇO
Ver arquivo »
CSPOD - Exercíci...
Ver arquivo »
 
   
 
Share |