BÊNÇÃO DAS GRÁVIDAS
No 3º domingo do Advento, dia 17, na Eucaristia das 11h15, vai fazer-se a Bênção das Grávidas; convide e venha receber a bênção do Senhor!
SECRETARIADO DA CATEQUESE
Dia 21 (quinta-feira) teremos às 21h30, reunião com o Secretariado da Catequese.
CONCERTO DE NATAL
No dia 23 (Sábado), às 21h30 na Igreja de Nossa Senhora da Conceição (Gervide) teremos um Concerto de Natal pelo Orfeão de Oliveira do Douro. Procuremos participar! A entrada é livre.
VENDA DE NATAL
Na sexta-feira  dia 8 de dezembro, abre a Venda de Natal . Todos os dias das 15h às 19h até ao dia 7 de Janeiro. Procuremos visitá-la
MEGA CABAZ
Está a decorrer a venda dos bilhetes do Mega Cabaz de Natal, para ajudar nas obras paroquiais. Os bilhetes são a 1€. Se alguém puder ajudar na passagem dos bilhetes pode requerê-los na Secretaria Paroquial.
 
 
  Acção Pastoral » Liturgia » Acólitos
Acólitos
Ser Acólito.
 
1. O QUE É UM ACÓLITO
     Um Acólito é alguém que ajuda à Eucaristia e a outros ministério do Altar. Em primeiro lugar ajuda à Eucaristia , esse é o momento mais importante para um acólito.
Para todo o cristão a Eucaristia é a fonte de vida, pois para o acólito com maior razão. O acólito tem de amar a celebração da Eucaristia, pois nela está presente Jesus de um modo muito especial:

  • Presente no sacerdote que preside
  • Presente na palavra proclamada
  • Presente na reunião dos cristãos
  • Presente sobretudo no pão e no vinho consagrados
 
     O acólito realiza também outros ministérios, isto é, ele é um "ministro", palavra que significa servidor. O acólito é alguém que tem um autêntico espírito de serviço e fica contente quando com as suas ações presta uma ajuda eficaz à sua paróquia e aos seus irmãos cristãos. Ser acólito é um ministério precioso é um alegre servidor de Deus e dos irmãos.
 
2. QUEM PODE SER ACÓLITO
     Pode sê-lo toda a pessoa que tenha aptidões, tenha sido batizada e tenha recebido os outros sacramentos correspondentes´`a sua idade. Se já fez a primeira comunhão, poderá viver mais intensamente a sua missão, já que não só poderá servir ao altar, mas também poderá participar e alimentar-se de Cristo, como os outros cristãos.
 
3. COMO DEVE SER UM ACÓLITO
     Não basta ser um bom rapaz ou uma boa rapariga, o que é absolutamente necessário. deve ter antes de mais um grande desejo de servir o Senhor, ao sacerdote e atoda a comunidade. Deve amar Jesus  de todo o coração ardentemente que toda a gente o conheça e o escute.
     Para ser um bom acólito do altar de Deus, são necessárias boas qualidades e uma adequada preparação:
 
  • O bom acólito é pontual na hora do seu serviço para poder preparar-se bem e sem pressas.
  • O bom acólito é fiel ao seu compromisso, ainda que para isso, deva renunciar a outras coisas de que também gosta.
  • O bom acólito participa sempre nas reuniões do grupo paroquial ou da comunidade e também vai sempre à catequese.
  • O bom acólito é ordenado, sabe onde deixa as coisas e preocupa-se para que tudo esteja sempre em bom estado.
  • O bom acólito é amável, visto que a proximidade com Jesus no altar o ajuda a vê-lo presente nas outras pessoas.
  • O bom acólito é piedoso, gosta de dedicar tempo a rezar só e em comunidade, de ler a bíblia e participar nos atos litúrgicos.
  • O bom acólito é humilde, está atento ao que lhe ensinam os sacerdotes e as outras pessoas mais velhas da comunidade, e não se aborrece quando o corrigem, pelo contrário, agradece de todo o coração.
 Elementos do Grupo
  • João Diogo Pereira Macedo
  • Pedro Filipe dos Santos Pereira Leite
  • Bruno Filipe Oliveira Vieira Meleiro
  • Sara Daniela Oliveira Vieira Meleiro
  • Madalena Filipa dos Santos Pereira Leite
  • João Carlos da Silva Vieira
  • Mariana Raquel Ferreira Gomes
  • Ana Catarina Martins de Sousa
  • Ana Filipa Gomes Oliveira
  • Pedro Daniel Pimenta Lopes
  • Inês Dias Castro
  • Gonçalo Jorge Larangeira de Carvalho
  • Maria João Dourado Mendes
  • Tiago Silva AlvesFrancisco Dias Costa
 
 
  
 
 
 
FOLHA DE OLIVEIR...
JUNHO
Ver arquivo »
PASSO A PASSO
MARÇO
Ver arquivo »
CSPOD - Exercíci...
Ver arquivo »
 
   
 
Share |